Imprimir

FFCL inaugura programa de qualificação para exportação

Objetivo do Peiex é atender regionalmente empresas que exportam e também as que pretendem exportar

banner apexNa última terça-feira, 28 de março, a Fundação Educacional de Ituverava lançou oficialmente o Peiex (Programa de Qualificação para Exportação), que funciona através de um convênio firmado entre a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil)

O Objetivo é que a instituição de ensino atenda regionalmente empresas que exportam e também as que estão interessadas em começar a exportar, oferecendo capacitação para desenvolverem esse trabalho da maneira mais eficiente possível.

O Peiex atende mais de 20 cidades dos Estados de São Paulo e Minas Gerais, totalizando 80 empresas de diversas cidades e segmentos, como alimentício, vestuário, calçados, indústria farmacêutica, entre outros. Dentre os municípios abrangidos estão Ituverava, São Joaquim, Guará, Franca, Cristais, Pedregulho, Guaíra, Patrocínio Paulista, entre outras.
Dez profissionais – entre professores, profissionais de mercado e estagiários – orientam as empresas em seis áreas: Capital Humano, Administração Estratégica, Vendas e Marketing, Finanças e Custos, Comércio Exterior e Manufatura.

Prestigiaram o lançamento do Peiex, entre outras autoridades, o presidente da FE, Pedro César Galassi; o secretário municipal de Indústria, Comércio e Agropecuária, Luciano Chaebub Rodrigues (“Lolô”); o presidente da ACII (Associação Comercial e Industrial de Ituverava), Vicente Paulo Vieira; o presidente da Santa Casa e conselheiro da FE, Luiz Carlos Rodrigues (“Busa”); o diretor-executivo da FE, Roberto Inácio Barbosa; o diretor da FFCL, Antônio Luís de Oliveira (“Toca”); o monitor da Peiex, Rodrigo Ricardo; o presidente da Subseção da OAB de Ituverava, Alcides Barbosa Garcia; o analista de projetos do Sebrae, Leandro Gomes de Souza; o representantes da Apex-Brasil, Rafael Porto de Freitas e a gerente do Sindicato da Indústria dos Calçados de Franca, Ana Tereza Rocha.

Funcionamento

Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, o monitor da Peiex, Rodrigo Ricardo, explica o funcionamento do programa. “A principal finalidade é proporcionar melhoria na competitividade das empresas e prepará-las para atividades de exportação”, afirma.

“O programa já está em funcionamento há seis meses, porém é exigência da Apex-Brasil fazer o lançamento oficial apenas seis meses depois de o programa iniciar, para que possamos já trazer resultados. No caso de Ituverava, já temos 80 empresas e 20 municípios envolvidos no Peiex”, observa.

Ainda de acordo com ele, o convênio tem duração de dois anos, mas pode ser prorrogado caso todas as metas – como número de empresas participantes – sejam alcançadas. “O ensino superior tem três pilares: pesquisa, ensino e extensão. E este é um projeto de extensão, que visa aproximar o meio empresarial da instituição de ensino”, afirma.
“Neste período já colhemos excelentes resultados e os empresários estão muito contentes com o trabalho desenvolvido, pois já observaram melhorias em suas empresas. Os resultados estão sendo fantásticos”, completa Rodrigo Ricardo.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Veja Também

Prev Next