Imprimir

Fotos da Semana de Ciências Biológicas

Veja as fotos da 10ª Semana de Ciências Biológicas

Imprimir

X Secibio - Semana de Ciências Biológicas

O Curso de Ciências Biológicas da FFCL realizará na semana do dia 23 de Abril a 10ª Edição da Secibio, semana de estudos do curso de ciências biológicas. Veja a seguir o cronograma desse evento.

 

CRONOGRAMA

23/04- ABERTURA
ENTREGA DOS MATERIAIS
PALESTRA: "Plantas & Abelhas: uma parceria em crise?"
PALESTRANTE: Dr. Leomam Almeida Couto
Coffe Brack: 21:00 hrs


24 a 26/04 –MINICURSOS
Coffe Brack: 21:00 hrs

MINICURSO I: Libras: O falar com as mãos
PROFESSORA: ESPC. Alessandra do Nascimento

MINICURSO II:  Taxidermia científica
PROFESSOR: DR. Hertz Figueiredo dos Santos

MINICURSO III: Biologia da conservação: Ênfase em preservação e manutenção de ecossistemas terrestres e aquáticos:
PROFESSORA: CLYCIE APARECIDA DA SILVA MACHADO
PROFESSORA: TÂNIA CRISTINA DOS SANTOS FERREIRA

MINICURSO IV: Biologia e Evolução de peixes Neotropicais
PROFESSOR: MsC Thiago Pereira

27/04- PALESTRA: “ Ensino e Pesquisa: Trajetória e Vida Acadêmica de um Pós-Graduando em Ciências Biológicas.
PALESTRANTE:MsC- Osmar Santos
Coffe Brack: 21:00 hrs

ENCERRAMENTO

Imprimir

Alunos do curso de Administração da FFCL estiveram na XII Empreeder

Alunos do curso de Administração da FFCL estiveram  na XII Empreeder / FEARP – Ribeirão Preto, que ocorreu no dia 12/04.

O Seminário em sua 12ª Edição foi conduzido por palestras de Renato Vergani (Fundador da RedeOrto) e Marcelo Carneiro (Fundador da Cervejaria Colorado) apresentadas no Anfiteatro Ivo Torres FEARP

O Aluno de Administração da FFCL Allison Diogo Barra Gomes que assistiu as palestras diz ter absorvido bastante os conteúdos apresentado pelos empreendedores, e completa dizendo que o que mais chama sua atenção em seminários, são as experiências vividas pelos palestrantes em suas vidas profissionais contadas por cada um.

 

 

Imprimir

Projeto de Professores da FFCL vence Prêmio Empreendedorismo

No dia 8 de fevereiro, o “Supera-Educa” – projeto de ensino desenvolvido pelos professores da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ituverava, Eduardo Garbes Cicconi (coordenador do curso de Administração) e Saulo de Souza Rodrigues – recebeu o Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável

Em sua 5ª edição, o Prêmio é uma Iniciativa do Instituto Superior de Administração e Economia – ISAE/FGV e do Grupo Paranaense de Comunicação – GRPCOM, que conta com o apoio da Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadoras).

O projeto “Supera-Educa” – que é promovido pela Fundação Instituto Pólo Avançado da Saúde e desenvolvido pela Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Ribeirão Preto – recebeu a premiação na categoria Empreendedorismo Educacional, pelo trabalho realizado no ano passado, em conjunto com instituições de ensino Fundamental, Médio e Superior.

“A premiação é um reconhecimento muito importante, já que coroa um trabalho que vem sendo realizado com foco na promoção do empreendedorismo nos jovens de Ribeirão Preto”, o gerente de fomento da Fipase, professor Saulo de Souza Rodrigues.

Projeto
O projeto-piloto começou a ser viabilizado em 2010 e, em abril de 2011, iniciou suas atividades com 120 alunos, do nono ano do Ensino Fundamental e primeiro ano do Ensino Médio do Colégio Marista de Ribeirão Preto. De abril a setembro, os alunos foram estimulados a participar de encontros mediados por Fernando Henrique Botega com foco em temas como as inquietações dos próprios jovens em seu cotidiano.

Inspirado na Escola da Ponte, de Portugal, cuja metodologia é pautada no conceito “sem muros, sem professor”, os alunos participaram de encontros quinzenais e, divididos em grupos de até cinco pessoas, apresentaram seus planos de negócios em um concurso. A avaliação dos planos foi realizada pela própria Supera, considerando como ponto central a viabilidade do negócio e maior potencial de mercado.

Dos 25 trabalhos recebidos, 10 foram selecionados e indicados para a fase seguinte do projeto, que consistia em uma “sabatina” realizada pelo Colégio, onde foram selecionados quatro projetos, os que mais se destacaram, independentemente do setor para o qual o plano de negócios estava orientado.

“Para este ano, o projeto engloba a criação de uma mini-incubadora, ou, como vem sendo chamada, uma incubadora mirim, com espaço reservado para cada empresa. A aplicação do projeto em outros segmentos é viável. O projeto pode ser implantado ou adaptado a projetos sociais e de geração de renda”, complementou o professor Eduardo Cicconi.

Veja Também

Prev Next