Imprimir

Comitê de ética em pesquisa da FFCL tem registro renovado

banner toca veraO Conselho Nacional de Ensino e Pesquisa (CONEP) do Ministério da Saúde renovou por mais 3 anos o registro do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), mantida pela Fundação Educacional de Ituverava.

O CEP tem por finalidade básica defender os interesses dos sujeitos da pesquisa em sua integridade e dignidade, contribuindo para o desenvolvimento da pesquisa dentro dos padrões éticos, e está baseado em diretrizes éticas nacionais e internacionais, reguladas pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS).

A bibliotecária da FE, Vera Mariza Chaud de Paula explica que, de acordo com estas diretrizes, “toda pesquisa envolvendo seres humanos deverá ser submetida à apreciação de um CEP, cujas atribuições são de caráter consultivo e educativo, visando contribuir para a credibilidade e qualidade das pesquisas, bem como para a valorização do pesquisador, que recebe o reconhecimento de que sua proposta é eticamente adequada”.

“Quando se fala em ética em pesquisa, imediatamente se pensa em pesquisas na área médica.

Tradicionalmente, as áreas da saúde são as que mais submetem suas pesquisas aos comitês, entretanto, nos últimos anos tem havido uma participação maior das áreas de ciências humanas e sociais aplicadas. O pesquisador dessas áreas pode achar que aplicar um questionário não oferece riscos, mas, em uma entrevista ou questionário, é importante analisar se a pergunta pode colocar a pessoa em contato com assuntos que lhe causem constrangimento e/ou despertem sentimentos adversos”, explica a bibliotecária. “Cada pesquisador deve verificar com cuidado se a sua pesquisa representa algum risco para o participante”, ressalta.

Ao submeter a pesquisa a um comitê de ética, o pesquisador está assegurando a validade acadêmica de seu trabalho; é também uma forma de proteger o participante, que além de ser esclarecido dos objetivos do projeto, pode concordar ou não em participar.

Plataforma Brasil
A submissão e tramitação dos projetos ocorrem em ambiente eletrônico, exclusivamente por meio da ferramenta “Plataforma Brasil”, e são distribuídos pela CONEP ao Comitê que estiver geograficamente mais próximo de onde será realizada a pesquisa, explica Vera.

As diretrizes e regulamentos podem ser encontrados no site: http://www.feituverava.com.br/index.php/pesquisa/comites/comite-de-etica-em-pesquisa-humana
A bibliotecária da Fundação Educacional de Ituverava coloca-se à disposição para esclarecimentos no que diz respeito à submissão e tramitação de projetos ao CEP e informa que, ainda esse ano, acontecerá em Ituverava, a I Jornada de Ética em Pesquisa.

Orgulho
O diretor da FFCL, Antônio Luís de Oliveira (“Toca”), diz que “a renovação do registro do CEP é motivo de orgulho para Ituverava, pois retrata a seriedade dos membros e dos pesquisadores em seguir um caminho justo e coerente, bem como apoiar a implantação de uma cultura ética democrática, na defesa da comunidade científica, do cidadão e da sociedade”.

Podem ser submetidos ao Comitê de Ética tanto projetos de pesquisas acadêmicas, quanto qualquer outro que tenha o ser humano como participante, e não somente das instituições de ensino, mas de toda e qualquer entidade.

Toca ressalta ainda a importância do coordenador, membros e secretaria, que se dispõe a, gratuita e generosamente, estudar e analisar cada um dos projetos que lhes são confiados.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Veja Também

Prev Next