Imprimir

FFCL abre inscrições para curso de Pós em Educação Especial

ffcl frenteA Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), instituição mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, abriu inscrições para seu novo curso de pós-graduação: Educação Especial - formação de professores para a inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais com ênfase na Deficiência Intelectual. O curso tem a duração de 700 horas, distribuídas ao longo de 18 meses, na modalidade presencial.

O curso é destinado a professores que possuem Licenciatura Plena em qualquer área do conhecimento, e as vagas são limitadas a 50 alunos por turma.

Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, a coordenadora Maria Madalena Gracioli fala sobre o curso. “Ele é voltado para professores das redes públicas e privadas de educação, para profissionais das APAEs, visando formar profissionais para atuar em escolas, nas salas regulares ou de recursos, em serviços de atendimento ao Deficiente Intelectual e em Instituições especializadas, nas áreas de ensino, de ativação e de avaliação do Deficiente Intelectual”, afirma a coordenadora.

“Dessa forma, o objetivo é oportunizar uma formação teórico prática consistente, intercâmbio e discussão de experiências didático pedagógicas, que contribuam para o desenvolvimento profissional compromissado com a proposta de Educação Inclusiva, com implementação de alternativas de intervenção que propiciem às pessoas com necessidades especiais a inserção escolar e social com qualidade”, ressalta Maria Madalena.

Demanda
Ainda de acordo com ela, o curso surgiu a partir da demanda na região por profissionais aptos para trabalhar com pessoas com deficiência intelectual, tanto em escolas quanto nas APAEs.

“Para atender essa demanda a FFCL buscou profissionais com elevado nível de conhecimento e com titulação (mestres e doutores) e obteve autorização do Conselho Estadual de Educação para ministrar o curso. Desse modo, o curso é autorizado pelo MEC e pelo CEE, e enquadra-se em todas as normas para os cursos de pós-graduação”, completa.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Veja Também

Prev Next