Imprimir

SUBPROJETO INTERDISCIPLINAR

Subprojeto Interdisciplinar: A diversidade étnica cultural na escola: as séries iniciais do ensino fundamental entre a história, leitura e escrita
Escola parceira: EMEF. Professora Maria Barbosa
Coordenador de área: Prof. Ms. Marcio Andreza dos Reis
Currículo Lattes:
E-MAIL: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Professor supervisor: Magda Pereira Galindo

Alunos bolsistas:
Eliane Paixão da Silva (História)
Elaine Cristina Peres (Pedagogia)
Josilene Aparecida da Silva Pereira (Pedagogia)
Maria Aparecida Leite Nogueira (História)
Nabia Kelly de Sousa Silva (História)

Apresentação:

O subprojeto interdisciplinar: A diversidade étnica cultural na escola: as séries iniciais do ensino fundamental entre a história, leitura e escrita busca atender as orientações da Lei 10.639/03 que aponta para a necessidade de trabalhar e discutir a diversidade étnica e cultural brasileira nas escolas públicas e privadas no Brasil. Trata se de um projeto que busca contribuir para a construção da identidade do brasileiro bem como para a melhor compreensão de como a cultura e a sociedade brasileira foi forjada a partir das matrizes culturais: indígenas, europeias e africanas.

Objetivos:

Sensibilizar os alunos das séries iniciais do ensino fundamental para o conhecimento histórico e para a compreensão sobre a formação da sociedade brasileira sob a perspectiva cultural.

Contribuir para a compreensão dos elementos formativos da identidade brasileira a partir das matrizes culturais que formaram o povo brasileiro sendo as mesmas : o índio, o europeu e o africano, e auxiliar os alunos a compreensão de que o preconceito e o racismo presente na cultura brasileira são partes de um processo de construção histórica no qual o povo brasileiro foi constituído e no qual os grupos étnicos que deram origem ao povo brasileiro foram de modo desigual inseridos na ordem capitalista do mundo moderno.

Ações previstas 

1° - Etapa de implantação do projeto: reunião com as pessoas que participam do projeto: Coordenação, Supervisão e grupo discente. 

O objetivo é criar um grupo de estudos que discutam a identidade do povo brasileiro e a formação sociocultural no Brasil. Assim vamos organizar o cronograma de leituras, fichamentos, resenhas, proposta de elaboração de um artigo com o grupo discente e estabelecer as atividades que serão desenvolvidas na escola com as crianças.

É importante neste momento discutir questões interdisciplinares sobre os aspectos educacionais das crianças no 4° e 5° ano do ensino fundamental e discutir os preceitos históricos para a elaboração do material didático que será aplicado e corrigido pelo corpo discente na escola. 

2° Conhecer a escola as crianças e o universo de implantação do projeto

A proposta é conhecer a escola, participar das reuniões de planejamento e de organização das atividades da escola, bem como de conhecer as salas de implantação do projeto.

Neste momento vamos aplicar uma avaliação diagnóstica para conhecer as crianças, o que elas sabem sobre o universo da linguagem e escrita, bem como o conhecimento das mesmas sobre a formação do povo brasileiro, tendo como principal objetivo conhecer a sala e se estruturar para a experiência do projeto.

3° Desenvolvimento das atividades na escola: índios, europeus e africanos e a formação da sociedade brasileira.

Esta fase envolve o desenvolvimento de atividades de sensibilização das crianças para a questão da diversidade étnico cultural brasileira, trata se de atividades que focam em aspectos específicos de cada grupo ou matrizes que formaram o povo brasileiro: índios, europeus e africanos, nos momentos a preocupação é de apresentar a diversidade intrínseca em cada grupo e as formas de alocação das mesmas na formação da sociedade brasileira.

4° Socialização dos resultados do projeto: Os alunos deverão participar de eventos científicos para divulgação dos resultados do projeto interdisciplinar. Os resultados do subprojeto também  deverão  socializados com a comunidade escolar por meio da programação organizada e instituída pela Faculdade de Ciências e Letras de Ituverava.

5° Participação em cursos de formação: No decorrer das atividades do subprojeto os alunos deverão participar de cursos, oficinas e eventos acadêmicos.

6° Elaboração do portfólio: O registro das atividades desenvolvidas e a avaliação do subprojeto deverão ocorrer por meio da elaboração do portfólio, no qual todas as atividades dos alunos da escola e a produção discente deverá gerar um portfólio para que seja possível acompanhar a evolução do projeto, o desenvolvimento das atividades, bem como, reunir informações para possíveis artigos e materiais de divulgação do projeto.